Topo

O que controla e determina a qualidade da nossa vida?

O que controla nossa vida é o significado que associamos às coisas em nossa vida, que é moldada pela nossa psicologia pessoal e nossa visão do mundo, ou seja valores e crenças que criamos.

Exemplo disso é quando duas pessoas vivenciam o mesmo acontecimento, onde uma delas pensa: “Deus está me punindo. É melhor que eu morra.” e a outra que , por outro lado, pense: “Deus está me desafiando. Este é o melhor presente que já recebi.” A diferença de percepção não apenas afeta a qualidade de vida de casa pessoa, mas a iniciativa que ela tomará em seguida.

A qualidade de nossa vida está diretamente ligada a qualidade de nossas emoções. Temos a habilidade de atribuir significados as coisas e acontecimentos com muita rapidez e esses significados nada mais são do que emoções que atribuímos a estes acontecimentos. Nada significa nada até atribuirmos uma emoção.

Exemplo disso é quando em algum acontecimento atribuímos emoções de humilhação, ofensa verbal, dependendo da pessoa isso pode gerar uma agressão física, para outra buscar abafar e deixar para lá ou inúmeras outras reações, tudo isso por atribuir uma emoção e construir um significado.

Para que a qualidade de emoções ser um apoiador para os meus significados preciso usar moldadores do significado. Esses moldadores são distribuídos em três forças:

  1. Força 1 é um padrão de fisiologia. Como você usa seu corpo físico, como você respira, é forma profunda ou é rápida. A sua postura diante dos acontecimentos, é uma postura forte de presença ou retraída.
  2. Força 2 é um padrão de foco e o que quer sentir, nesse momento você pode conduzir qual tipo de emoção quer sentir e colocando foco nela com certeza irá sentir. Não podemos controlar nossas emoções e isso é um fato, o que podemos controlar são nossos pensamentos e o pensamento certo com foco o fará sentir.
  3. Força 3 é um padrão de linguagem e nesse momento o que falamos internamente ou externamente nos conduzirá a construção da emoção e do significado. Um exemplo disso é muitas vezes quando sentimos medo, com certeza antes de sentir o medo estamos dizendo algo para isso acontecer.

disney

      Este ano realizei um sonho de fazer uma viagem a Disney com minha esposa e filhos e com certeza ficará marcada para toda a nossa vida.

O fato disso é que em 2011 eu escrevi que faria está viagem em 5 anos e neste mesmo dia um colega de sala de aula disse: “que coisa boba isso, ir pra Disney”, a questão é que ele já havia ido 5 vezes.

Por que estou escrevendo isso? Porque eu programei para 5 anos e realizamos em 3 anos, simplesmente por utilizar as 3 forças descritas aqui e deixar de contar uma “estória”de ficção e que os outros acabam falando e passei construir a verdadeira “história” real que eu sou o autor e protagonista.

Qual é a sua real história? Deixe aqui abaixo a sua história e conte sempre conosco para ajudá-lo a ser o autor e o protagonista.

Abraços, Junior Souza.

No comments yet.

Deixe uma resposta

Clientes & Parceiros